Cinco razões para você Confiar em Deus

Texto: Salmos 46.10. “Aquietai-vos” O hebraico também permite a seguinte tradução: “soltem se”

Tema: Cinco razões para confiar em Deus

Introdução
Confiança, palavra tão bonita, mas tão pouco aplicada
As pessoas andam desconfiadas de tudo e até de Deus
Mas pergunto para você? Deus já deu algum motivo para que você desconfiasse dele? Responda pra você mesmo
Certa feita um pai e um filho estavam em alto mar em um iate da família com os amigos. Der repente fortes ondas começaram a bater no barco com muita força e o barco naufragou. O pai e o menino ficaram agarrados em um pedaço do barco no meio do mar. Então o pai diz ao seu filho: Filho fique aqui agarrado firme que eu vou procurar ajuda (pois ele sabia que não estavam muito longe da praia) pelo que o filho respondeu: pai eu tenho medo esta muito escuro, então o pai lhe disse: não tenha medo, quando foi que eu te fiz uma promessa e não cumpri, e o menino lhe disse: nunca pai. Então o pai saiu a nado e depois de algum tempo o menino viu um grande barco se aproximando e na polpa do barco seu pai em pé. Ele cumpriu a promessa. Se um Homem fez isso imagine o senhor teu Deus

1°Deus não pode ser pego de surpresa. 2 reis 6.8
Fique tranqüilo, tudo esta no absoluto controle de Deus. Nada que esta acontecendo na sua vida é algo que Deus não sabia que ia acontecer

2°Deus não tem plano B.

Ele sempre tem plano A. Ele não muda por causa das circunstâncias. Êxodo 14

3°Quando ele começa uma obra ele termina. Fl.1.6

4°Deus não pode falhar. “Nm 11.23 ‘seria curta a mão do Senhor”

5°Quem confia em Deus nunca foi decepcionado.Sl.22 3-5

Quem confia em homem ou igreja fica decepcionado. Jr 17.5-7
                           

Eu tentei de Tudo

TEXTO: MATEUS 9.20.22
TEMA: “EU TENTEI DE TUDO”
Quantas vesez vêem varias pessoas alegarem que tentaram de tudo na vida para serem felizez e nunca conseguiram. Tentar esta muito relacionada à sorte, você arrisca de todo o lado sem ter certeza de que vai ter sucesso
Tentar de tudo pra ser feliz não é suficiente, muitas pessoas gastam fortunas em busca da felicidade em todas as áreas da suas vidas, mas acabam se frustrando cada vês mais como essa mulher que ia de mal a pior o seu estado.
É Claro que quando se fala da luta pela vida realmente as pessoas tentam de tudo para alcançar seus objetivos
Mas quando alguém se encontra com Jesus Cristo as tentativas acabam, por que nele esta a certeza da Vitória
Muitas pessoas que se encontraram com o Senhor Jesus Cristo já disseram “Por que não tentei isso antes, teria sofrido menos”

Quais obstáculos ela enfrentou para receber o milagre?

1-Ela era uma mulher. (Discriminação)
2-A Multidão
3-A sua doença. Lv15. 25-33. (ela era considerada impura)

A GRANDE PERGUNTA: “QUEM ME TOCOU”

Jesus faz essa pergunta não só para conhecer a mulher, mas para lhe abençoar mais ainda lhe dando a benção em quatro partes:

1°Chamou-a de filha

2°Assegurou que foi a fé dela que a curou e não só o fato de ter tocado nas vestes de Jesus

3° Mandou ela embora livre da ansiedade da vida (vai em paz)

4°Curou a sua alma. (você esta salva)

Conclusão: Pare de ficar procurando a sua felicidade, ela esta em Jesus Cristo o Médico dos Médicos o Advogado dos Advogados o Senhor dos Senhores o Rei da Glória


BENÇÃOS ONDE MENOS ESPERAMOS

BENÇÃOS ONDE MENOS ESPERAMOS
                                        
INTRODUÇÃO: Olhando para a Bíblia vemos Deus operar nas horas em que não esperamos e providenciar bênçãos onde menos esperamos nos ensinado assim a nunca perdemos a esperança. Sempre que parecer impossível, Lembre se das promessas de Deus.Quando tudo parecer perdido Deus entrara com providencia e enviara o socorro.
As vezes esperamos Deus operar de uma maneira, mas Deus trabalha como quer e a hora que ele quer e do jeito que ele quer
1-A prisão de José levou ao governo. Gn. 45:1-8
José teve o sonho de Deus ainda pequeno, mas foi se cumprir de uma maneira que ele não esperava e bem longe de sua família

2-As perdas de Jó lhe deram porção dobrada. Jó. 42:10-17
Jó perdeu tudo, mas não perdeu a sua fé em Deus.Quando parecia o fim de tudo para ele o Senhor lhe recompensou em dobro

3-A grandeza de Golias levou Davi à honra. 1Sm.17:42-46
Quanto maior a luta maior a vitória, não tenha medo do inimigo, não tenha medo das grandes ondas que se levanta contra a sua vida, você vai que é só tamanho

4-O espinho na carne de Paulo trouxe nova graça.  1Co.12:7-9
Aquela provação que você hora e parece que Deus não esta te ouvindo, na verdade ele não esta só ouvindo ele esta também te fortalecendo. “Quando você disser que esta fraco ai você esta forte”

5-A prisão de João  na ilha de Patmos lhe deu a revelação do Apocalipse
João estava sozinho e parecia abandonado, era o ultimo apóstolo vivo, talvez se perguntasse  o por que de tudo isso, Mas o Senhor estava lhe reservando uma revelação maravilhosa

6-A morte de um homem na cruz nos deu a maior de todas as vitórias.
Quem poderia imaginar que um homem crucificado naquele dia poderia salvar toda a humanidade. Quem assistiu aquela crucificação certamente pensou, foi mais uma, mas ali estava a maior vitória de Deus sobre a morte e o pecado. Quem assistiu a sua aparente derrota vai se surpreender coma a grande vitória que Deus te Dara na sua vida

Cinco Desculpas , para não ir a Igreja

Cinco Desculpas , para não ir a Igreja
1°Não concordo, ta todo mundo em pecado la
R: Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. I João 1.8
2° Não aceito a liderança daquela Igreja
R: Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus. Rm.13
3° Estou magoado, e não consigo perdoar
R: Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete, mas, até setenta vezes sete. Mt.18.21,22
4° É melhor ficar em casa do que ir à Igreja
R: Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros, e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
5° Não agüento ver tanto erro
R: E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?Ou como dirás ao teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho; estando uma trave no teu?
Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão. Mt. 7.3,4,5
Quem tenta se desculpar para não ir a Igreja é como Adão escondendo de Deus atrás  das arvores. Na verdade você esta morto espiritualmente a muito tempo, por isso perdeu o prazer de congregar, deixou de olhar para Jesus Cristo para olhar a vida dos outros e acabou morrendo na fé. Faça uma oração e reconheça que o problema não é as pessoas ou a igreja, mas sim você, não adianta dizer que não é por que é, Deus conhece você
“O que você quiser ver na Igreja você vai ver, que seja a gloria de Deus na sua vida”

Morri na Igreja

Morri na Igreja



Morri na Igreja
                                                  

Texto: Apocalipse.3.1.2

“Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, mas estás morto. Sê vigilante e confirma o restante que estava para morrer, porque não achei as tuas obras perfeitas diante de Deus”.

O texto acima faz parte da carta dirigida ao anjo da igreja, o pastor da igreja de Sardes. Entende-se na leitura das cartas dirigidas às igrejas da Ásia que o conteúdo estende-se à membresia e ao estado da congregação. Assim como a igreja de Sardes tem muita igreja, em nossos dias, que vive apenas de fachada e de marketing e mídia. Pensando nisso, comecei a avaliar o que pode levar uma igreja a adoecer e morrer. Tentei reproduzir aqui o perfil de uma igreja moribunda ou morta e de uma liderança sem vida.


A Característica de um morto

O morto só vai aonde for carregado, o vivo vai aonde quer 
O morto não pode ouvir. A única voz que ele pode ouvir é a do Senhor Jesus pedindo para que ele volte a vida.
O morto não pode ver
O morto não pode ter sentimentos
O morto não pode perdoar
O morto não pode amar
O morto tem que ser visitado (cemitério) e o cemitério de alguns é a própria casa.
O morto cheira mal

É Impressionante o numero de pessoas decepcionados com as igrejas e mais do que decepcionados, afirmam que morreram Espiritualmente na Igreja. Na igreja? Isso mesmo na Igreja.
No lugar onde deveriam ser felizes acabam amargando conflitos, guerras, batalhas por poderes, frustrações com as lideranças e o final de tudo isso já se sabe, pessoas que nunca mais querem entrar em uma igreja.
Ao ouvir as pessoas vemos que as causas são muitas dentre elas destacarei as mais comuns: 
1-Falta de oportunidade...
2- Eleições para algum departamento dentro da igreja que possivelmente foi fraudada
3- Uma suposta falta de reconhecimento
4-Brigas com os irmãos
5- Teoria da conspiração, e a lista segue...
O que estaria acontecendo com as Igrejas. Se perguntarmos para vários crentes de diferentes denominações veremos que as causas são sempre as mesmas, Só muda o endereço da Igreja.
O lugar onde os crentes deveriam se reunir para melhorar a vida diante de Deus tem se transformado em um palco de guerras e de interesses
Os livros que abordam a falência da igreja como denominação estão aumentando e o numero de pessoas que não querem mais ir à igreja também. O que me preocupa é que os decepcionados estão ganhando corpo e passando a mensagem de que não vale mais a pena ir à igreja e se for, não se envolver em mais nada para não enfrentar frustrações.
A pergunta que faço é: A coisa realmente esta tão ruim assim ou não se faz mais crentes como antigamente? A forma Litúrgica dos cultos tem contribuído para isso?
Não é errado dizer que igreja como denominação sempre esteve debaixo da administração humana e por isso sujeita a muitas falhas, sempre foi assim, a igreja como denominação pode fechar as portas como já vimos muitas fecharem por falta de má administração.
Enfrentamos sim uma crise profunda do verdadeiro sentido da Igreja, do seu verdadeiro propósito. É triste ver que igrejas como denominações viraram verdadeiros lugares para a corrupção, enriquecimento ilícito, palco para vaidades humanas e os chamados cultos shows.
A concorrência entre uma e outra é impressionante para ver quem oferece o Melhor culto como se fossemos servidos por mãos de homens, parece até um restaurante, o cardápio é variado, tem de tudo para agradar as pessoas, menos a Deus.
Como pastor é duro dizer isso, mas já perdemos o controle, cada um defende a sua ideologia e por que não dizer as suas heresiologias.
A Bíblia já nos alertava disso quando Paulo disse sobre a apostasia nos Últimos tempos.
Mas veremos que ainda da pra ir à Igreja sem se contaminar, vamos lembrar Daniel que em terra estranha não se contaminou.
Ainda acredito que da para trabalhar na Igreja e não viver uma vida frustrada
Vamos ver Juntos Quais são as causas de tantas frustrações e tentar diagnóstica las e servimos de balsamo para pessoas machucadas dentro das igrejas.
Espero que este texto  ajude o leitor a meditar o porquê de fato deixou a igreja e que servir ao Senhor não é trabalhar dentro de uma igreja, mais sim trabalhar no reino de Deus, pois nós somos a igreja.
Esta cheio de crentes magoados andando por ai, procurando o que fazer no reino de Deus, parecem artistas procurando empresários, ou seja, um pastor que lhe de oportunidade para que  mesmo se sinta vivo no reino de Deus.



Perfil das Igrejas que Estão Morrendo.

Igrejas que reduzem o tempo destinado à exposição da Palavra e trocam a Palavra por teatros, jograis e coreografias;
Igrejas que enfatizam o louvor em detrimento do ensino e desprezam a centralidade da Mensagem da Cruz;
Igrejas que acolhem a teologia da prosperidade e empobrecem espiritual e doutrinariamente;
Igrejas que dão ênfase exagerada aos dons espirituais em detrimento da reflexão teológica;
Igrejas (ditas cristãs) que negam a Trindade como rezam as Escrituras Sagradas;
Igrejas que perderam o compromisso com o Evangelismo e Missão;
Igrejas cujo amor pelas almas foi suplantado pelo amor aos cargos eclesiásticos e políticos;
Igrejas cujo sentimento de doação ao próximo, foi sepultado pelo compromisso com seu próprio ego, visão ministerial e projetos;
Igrejas que trocaram a vida piedosa de oração pela agenda de inúmeras festas, algumas de caráter judaico, como se fossem judeus ortodoxos;
Igrejas que perderam o compromisso com a adoração e a consagração de seus membros em nome de uma liturgia oca de significado, vazia, sem base bíblica;
Igrejas que dizem possuir ministérios criativos, mas desprezam o dinamismo do Espírito explícito nas páginas do Livro Sagrado;
Igrejas que optam pelos pobres em nome de uma teologia que alega lutar pela igualdade e inclusão social, mas que se preciso for pega em armas para derramar sangue em nome da justiça;
Igrejas que optam pelos ricos, visando os altos e gordos dízimos, para em nome de Deus construir catedrais, onde o ofertante pobre fica em pé ou assenta-se nos últimos bancos;
Igrejas que defendem o casamento entre homossexuais e o aborto;
Igrejas que defendem o homossexualismo no sacerdócio;
Igrejas que tratam o pobre de “irmãozinho” e o rico de “doutor”;
Igrejas que têm opção preferencial pelos formados, políticos e celebridades;
Igrejas que defendem a frouxidão moral frente ao pecado e alargam a porta que Cristo declarou estreita;
Igrejas que sob pretexto de contextualização, mundanizam-se e, nem evangelizam e nem se contextualizam de fato, mas perdem seus membros para as práticas mundanizantes;
Igrejas que priorizam o caixa e não o altar;
Igrejas que pregam liberdade, mas encontram-se presas a escândalos;
Igrejas que escondem suas mazelas nos porões da história da denominação;
Igrejas que fracassam na ação espiritual, social e doutrinária, porque trocaram a visão de seus pioneiros;
Igrejas que vivem de novas “unções”, tais quais: unção da conquista, unção de ousadia, unção da multiplicação;
Igrejas que aumentam em número e diminuem em calor humano;
Igrejas que crescem em patrimônio, mas decrescem em Graça;
Igrejas que avolumam propriedades, mas perdem a essência de ser Igreja;
Igrejas que trocam a Palavra Escrita pela “palavra confessada”;
Igrejas que pregam cura, mas são doentes doutrinariamente;
Igrejas que têm destacada expressão na mídia, mas são omissas na práxis;
Igrejas que defendem a ortodoxia, mas mentem na ortopraxia;
Igrejas cuja liderança visa lucro e não o bem estar espiritual do rebanho;
Igrejas cujos pastores visam a permanência perpétua no poder;
Igrejas cujos líderes promovem os parentes e perseguem e matam os profetas;
Igrejas cujos obreiros descobrem no ministério uma fonte de lucro e desprezam “as mesas”, isto é, o serviço aos santos.

Com tantos problemas na igreja como organização outro fenômeno esta acontecendo:

Cresce o número de evangélicos sem ligação com igrejas

Uma reportagem publicada na Folha de São Paulo desta segunda-feira, 15, mostra que o número de evangélicos que não mantêm vínculo com nenhuma denominação cresceu significativamente nos últimos anos.
Os dados foram baseados em uma pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) sobre “Orçamentos Familiares”. Ele mostra que em 2003 era apenas 4% dos evangélicos que não mantinham ligação com uma igreja e que em 2009 esse número já era de 14%, um salto de 4 milhões de pessoas.
Esse número representa pessoas que continuam se assumindo como evangélicas, mas não frequentam nenhuma denominação, algo parecido com os católicos não praticantes. Também entram nessa amostragem as pessoas que frequentam 2 e até mesmo 3 igrejas, sem criar vínculo com nenhuma.
Os livros que abordam a falência das igrejas estão aumentado cada vez mais.

Veremos agora o porquê de muitas pessoas estarem mortas espirituais dentro das igrejas


1-Briga por cargos e oportunidades dentro da Igreja

A Igreja se afastou muito do evangelho, se transformou em um show bineis, todos querem cantar, pregar, tocar na igreja, e ai como as oportunidades no templo são escassas temos cada vez mais pessoas andando de igrejas em igrejas doentes ou quase mortas procurando oportunidades.
Conheço obreiros que se não pregarem na igreja se tornam murmuradores e acabam incitando rebeliões por que não tem oportunidades dentro das igreja.
Não querem visitar, evangelizar, pois ali eles não são vistos pela plateia, e alguns destes obreiros se pregassem alguma coisa de verdade até ajudariam o pastor, mais muitos são nivelados por baixo, não tem oportunidades na própria igreja e nem em igreja nenhuma.
Lideres de departamentos que perdem uma eleição e já saem da igreja, ministros de louvor que se não tiverem na frente cantando, também não sabem mais adorar no banco da igreja.
Nesta luta por oportunidades, acabam se machucando e machucando as outras pessoas também, enquanto milhões de pessoas estão morrendo lá fora.

2- Fofocas Eclesiásticas

Nada tem matado mais pessoas nas igrejas do que as chamadas fofocas eclesiásticas. Cuidado com o que você ouve na igreja a respeito da vida dos outros, tão culpado de passar algo enganoso é quem recebe.
Algumas pessoas chegam a fica viciadas em fofoca, se tornam mexeriqueiras.
Em minha experiência pastoral pude ver também quem são sempre as mesmas pessoas envolvidas em fofocas e brigas na igreja. Toda vez que tem um rolo, pode ter certeza que são as mesmas pessoas. Vira um circulo vicioso, onde o diabo tem destruído muitas vidas.
Algumas são viciadas em falar mal de pastores, obreiros e igrejas, e destes a palavra de Deus manda que nos afastemos daqueles que promovem contendas na igreja.

3- Politica Eclesiástica na Igreja

Outra causa de divisões e mortes espirituais na igreja é chamada  politica suja na igreja.
Durante algum tempo eu relutei em querer acreditar que a política como nós a conhecemos em Brasília fosse praticada na Igreja. Sempre acreditei que na Igreja tudo sempre será conquistado na oração e ainda acredito, mas começo realmente a ver a possibilidade da mão humana na Igreja. Na verdade o problema não é Brasília, Brasília é apenas o retrato do ser humano no poder corrompido pela ganancia e corrupção e temos isso até em países de primeiro mundo, onde existir acesso a dinheiro e poder sempre vai haver a corrupção humana, e a igreja como organização não esta livre disso como organização. A igreja como organização é administrada por homens que é claro que pressupomos que são homens de Deus, mais podendo deixar de ser  homens de Deus, podendo se tornar escravos do dinheiro e do poder. Foi esta a tentativa de Satanás ao tentar o Senhor Jesus, tentar corromper sua natureza humana. Temos Três visões de Igreja:
1- A visão do novo convertido que quando entra na igreja ele não vê imperfeições
2- A visão do membro que embora conheça alguns problemas da igreja, vê de muito longe. 
3- A visão de um obreiro que com o tempo vê de perto coisas que o assustam 
O ideal é que sempre tenhamos a visão do novo convertido, ele só enxerga Jesus, para ele pouco importa poderes e cargos.
O obreiro quer ser obreiro para trabalhar na Obra do Senhor, e embora todos possam fazer isso, alguém que vai para o ministério indica que esta pessoa esta preparada para isso, e na visão de muitos obreiros só imaginam expulsar demônios, pregar a palavra, ajudar na igreja e etc., mais uma vez dentro do ministério com o tempo vão percebendo que se não vigiarem, fará muito pouco disso e com o tempo a sede pelo poder começa a consumir toda aquela boa vontade.
Aos poucos estão envolvidos com intrigas pelo  poder, outros obreiros tornam se inimigos, e a luta agora é passar por cima de outro obreiro que talvez esteja no caminho. Por isso as divisões, as brigas e troca de calunias.
Obreiros que um dia fora bênçãos, mais o amor ao dinheiro e a poder acabou com eles 
Quantas convenções que sabemos que até agressão física houve, eu particularmente participei de uma que quero esquecer.
Mas o assunto aqui trata se da Igreja VISÍVEL, a organização com administrações humanas e nada tem a ver com a Igreja de Cristo na face da terra que chamamos de noiva do Cordeiro(a igreja Invisível)
Meu Deus, as pessoas ficam cegas, parecem não saber mais o que estão fazendo, na busca desenfreada pelo poder 
É meu leitor, difícil de acreditar, mas eu estou vendo isso com os meus olhos
Pastores, que são defendidos por que fazem parte da panelinha, isso mesmo, panelinha, se você não fizer parte do esquema ta fora, um puxando o tapete do outro. E isto é tão terrível que se você não vigiar, de repente você esta dentro do esquema
Na verdade, que eu estou vendo agora, sempre existiu, você só começa a enxergar isso, quando Deus começa a te abençoar, e seu ministério vai alcançando patamares maiores. Então você começa a incomodar muita gente que gosta de se aparecer. E esse povo não tem escrúpulo, usam de todo o jogo sujo possível, dentre eles destacarei alguns:

a) Calunias: Para tentar frear a popularidade do suposto rival, tentam caluniar a pessoa, inventando toda a sorte de mentiras possíveis, para colocar em descrédito o “rival”, isso mesmo rival

b) Ocultação: Uma das armas é tentar ocultar o ministério do rival, tentando faze lo “sumir”, é sumir. Seu nome não pode aparecer então eles arrumam um jeito de você ser boicotado

c) Compra de cargos: Tem Pastores e Obreiros se vendendo para tentar ter sucesso ministerial, e estou com vergonha, por que alguns tem se vendido até por um prato de comida, ministério barato. 

d) Falsidade: São verdadeiras cobras, na sua frente são seus melhores amigos, mas por traz, estão lhe tramando o seu fim ministerial, são capazes de te abraçar e até beijar como Judas Iscariotes.

e) Eliminação: Se qualquer das tentativas acima não der certo, se cuida, ore e peça a proteção de Deus, vão tentar tirar você do caminho, e como eu disse esse povo não tem escrúpulo, se cuida meu filho, vigia, fica longe desse povo. 

Confesso que estou decepcionado. Lideres que deveriam ser exemplos para os mais novos, são exemplos negativamente, mas eu quero terminar escrevendo alegria e vitória.
Você precisa entender que quem recorre a esta sujeira, não são homens de Deus, pode ser que um dia já foram, mas se afastaram de Deus por causa do poder. Chega a assustar o tamanho da falsidade, e o Apostolo Paulo já dizia que sofria muito no meio dos falsos irmãos.. Conseguem subir nos Púlpitos e ainda dizer para os membros amarem os irmãos. São Sacerdotes corrompidos pelo prazer e o poder, e princípios éticos pouco importam.

4- Más companhias
Acredite mesmo na igreja você pode estar muito mal acompanhado, cuidado com quem você anda na igreja, de repente você esta andando com uma semente do diabo.
Em minha experiência pastoral percebi que muitos novos convertidos acabam saindo da igrejas por causa de murmuradores, de pessoas que não são nascidos de novo.
O novo convertido entra na Igreja acreditando que tudo é diferente e logo em mal companhia ele começa a ver que  a diferença entre estas pessoas e de quem esta no mundo não existe.
Recentemente pedi para implantar no discipulado este assunto, para que o novo convertido saiba que na igreja ele poderá ver pessoas que não dão testemunhos de filhos de Deus.

5- Maus Obreiros
Obreiros que foram chamados para exalar vida exalam o cheiro da morte. Muitos tem o nome de que vivem e já estão mortos a muito tempo. E se isto não bastasse, são responsáveis pelas mortes espirituais de muitos crentes, com suas divisões e contendas.
Se apostataram da fé e querem que pessoas sigam sua pisadas.
Antes eram inimigos do diabo, agora são inimigos dos pastores e igrejas.

6- Falta de ensinamento da palavra
Ensinamento da palavra é o que tem faltado nas igrejas atuais.
Louvam o culto todo e depois vem com a máxima de chegou a hora mais importante do culto que é a palavra, será mesmo? Quanto tempo tem de mensagem em sua igreja?
Muitas pessoas estão morrendo desnutridas, sem a palavra de Deus vão acabar morrendo.
E quando tem pregação, é só motivacional para arrancar dinheiro do povo, às vezes a ministração da oferta é até mais caprichada que a mensagem oficial.
Como vão aprender se ninguém os ensina?
O louvor é importante, mais ele vai para Deus, enquanto que a palavra vem de Deus para nós.

7- Falta de entendimento do que é ser igreja x ir a igreja
O Que é a Igreja?


Igreja. Vemos esta palavra por toda a parte, mas seu significado é freqüentemente muito diferente. Algumas pessoas usam “igreja” para descrever um belo edifício no centro de uma praça proeminente. Outros a usam para descrever uma organização religiosa mundial, completa com regiões, distritos e dioceses. As definições confusas de igreja, em nosso tempo, muitas vezes vedam o significado original desta palavra quando aplicada, no Novo Testamento, ao povo de Deus. Neste artigo, examinaremos brevemente o significado de “igreja” na Bíblia.

Igreja: O que significa?

Igreja é um edifício construído com blocos e cimento? Não. É um edifício construído com pedras vivas. "Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo" (1 Pedro 2:5). Estas pedras vivas são chamadas santos e são membros da família de Deus: "Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular; na qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito" (Efésios 2:19-22).
A palavra grega traduzida como "igreja" significa literalmente "chamado para fora, chamado", e assim se refere a um grupo de pessoas chamado para sair fora do pecado do mundo para servir ao Senhor. A igreja não é nenhum tipo de instituição ou objeto impessoal. É um corpo constituído de componentes vivos. Como um organismo vivo, a igreja pode sentir medo (Atos 5:11), pode orar (Atos 12:5) e pode falar (Mateus 18:17). Pessoas que são chamadas para saírem do pecado não continuam participando do mal do mundo, porque elas estão santificadas ou separadas do pecado (estude João 17:14-23; Colossenses 1:13; 1 Pedro 2:9; 1 João 4:5-6). Deus chama o povo para deixar o mal deste mundo através da mensagem do evangelho (2 Tessalonicenses 2:13-14). Aqueles que são convertidos verdadeiramente a Cristo são chamados santos (1 Coríntios 1:2; Colossenses 1:1-2).Entender o conceito bíblico de igreja como um corpo de pessoas chamadas para fora do pecado, para serem santos, ajuda-nos a apreciar a riqueza da descrição de Paulo, da "Igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue" (Atos 20:28). Jesus não morreu para comprar terra e edifícios, nem para estabelecer alguma instituição. Ele morreu para comprar as almas dos homens e mulheres que estavam mortos no pecado mas que agora têm salvação e esperança de vida eterna (Romanos 5:8; 1 Coríntios 6:19-20).

A Igreja Universal e a Igreja Local
Algumas vezes a Bíblia usa a palavra "igreja" no sentido universal, isto é, para falar de todo o povo que pertence a Cristo, não importa de onde ele possa ser. Jesus falou da igreja deste modo: "Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mateus 16:18). Ele não está falando apenas de uma congregação local, nem está falando de uma organização ou instituição mundial. Ele está falando de pessoas, pedras vivas, construídas sobre Jesus Cristo, a fundação sólida. Paulo falou da igreja, neste mesmo sentido universal, quando escreveu: ". . . Cristo é o cabeça da Igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo"i (Efésios 5:23). Jesus é cabeça sobre todos aqueles que o servem, todos aqueles lavados e purificados de seus pecados (Efésios 5:26).
Freqüentemente, a palavra "igreja" é usada para descrever uma congregação local ou assembléia de santos. Note uns poucos exemplos: ". . . à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para serem santos . . ." (1 Coríntios 1:2); " E, se ele não os atender, dize-o à igreja; e, se recusar ouvir também a igreja, considera-o como gentio e publicano" (Mateus 18:17); ". . . saudai igualmente a igreja que se reúne na casa deles" (Romanos 16:5). Igrejas locais são o resultado da pregação do evangelho. Quando as pessoas obedecem a palavra e se tornam cristãos, elas começam a se reunir com outros irmãos na fé.
A Igreja: Organismo, não Organização

A igreja é uma organização? Muitas pessoas têm a noção errada de que a igreja é uma organização ou instituição, independente do povo que compõe a igreja. Este não é o conceito bíblico de igreja. Jesus não morreu para estabelecer uma instituição, mas para salvar o povo do pecado (Atos 20:28; 1 Coríntios 6:20). Jesus e o Pai não habitam numa organização, mas no povo que os obedece (João 14:15, 23).
Em vez de falar de uma organização, a Bíblia descreve a igreja como um corpo composto de membros vivos (Romanos 12:4-5; 1 Coríntios 12:12-27; Colossenses 1:8, 24; Efésios 5:23). Estes membros do corpo são blocos ou pedras usados na construção da igreja (1 Coríntios 3:10-15).
Muitas igrejas sugerem que a "igreja universal" é constituída de todas as congregações locais do mundo. Isto não é um conceito bíblico. Uma igreja local consiste de cristãos que se reúnem num corpo local. Eles podem ser identificados e contados (Romanos 16:14, 15; 1 Coríntios 16:19; Colossenses 4:15). A igreja universal consiste de todos os discípulos de Cristo em todo o mundo. Nenhum homem é capaz de identificar e contar todos os membros deste corpo universal. Tentativas de contar todos os verdadeiros cristãos em uma nação ou no mundo ilustram a ignorância e a vaidade dos homens. Somente Deus pode contar e identificar seus primogênitos "arrolados nos céus" (Hebreus 12:23).

Descrições Bíblicas da Igreja que Pertence a Jesus

A Bíblia não usa um único nome exclusivo para a igreja. É errado, portanto, insistirmos num único nome que todas as igrejas fiéis tenham que usar. Muitas passagens falam simplesmente da igreja, algumas vezes identificando o local (cidade ou casa) onde o grupo de cristãos se reunia. Portanto, podemos nos referir à igreja simplesmente como "a igreja" (Atos 8:1; 9:31; Romanos 16:1).
Freqüentemente, as descrições da igreja no Novo Testamento mostram a relação que existe entre o Senhor e sua igreja. A igreja pertence a Deus, e é freqüentemente chamada "a igreja de Deus" (veja Atos 20:28; 1 Coríntios 1:2; 10:32; Gálatas 1:13; 1 Timóteo 3:5, 15). Jesus derramou seu sangue para comprar a igreja. Portanto, Paulo falou de "igrejas de Cristo" (Romanos 16:16) e Jesus falou de sua própria igreja (Mateus 16:18). O povo de Deus pode ser corretamente descrito como a "igreja dos primogênitos arrolados nos céus" (Hebreus 12:23).

Consideremos o significado de descrições bíblicas comuns da igreja.

O Corpo de Cristo (Colossenses 1:24; Efésios 1:22-23; 4:12). Assim como o corpo humano não pode sobreviver separado da cabeça, não podemos viver sem nossa cabeça, Jesus Cristo (Efésios 5:23; Colossenses 1:18). Discípulos de Jesus são membros do corpo (Romanos 12:4-5; 1 Coríntios 12:12-27; Efésios 3:6; 4:16; 5:30).
O Reino de Deus ou Reino dos Céus (Mateus 3:2; 4:17; Lucas 4:43; Atos 8:12; 19:8; 20:25; 28:23, 31). A idéia de reino ressalta a posição de autoridade do rei (veja 1 Coríntios 4:20; Hebreus 1:8; 12:28-29; Mateus 28:18-20; Apocalipse 12:10). O reino de Cristo não é deste mundo (João 18:36). Em vez de ser uma entidade política e mundana, a igreja é um reino espiritual assentado no caráter santo de Deus. Podemos entrar no reino somente quando formos transformados espiritualmente (Colossenses 1:13). Como servos do Rei, temos que desenvolver as características espirituais de nosso Senhor (Tiago 2:5), incluindo sua humildade e inocência (Marcos 10:14-15) e sua santidade (1 Coríntios 6:9-10; Gálatas 5:19-21).
A Casa de Deus (1 Timóteo 3:15) não é um edifício material, mas o santuário e a habitação do Senhor (Efésios 2:21-22). É um edifício espiritual (1 Pedro 2:5).
O Rebanho de Deus (Atos 20:28). Jesus é o bom pastor que deu sua vida pelas ovelhas (João 10:11). As ovelhas ouvem sua voz e o seguem para receber a vida eterna (João 10:27-28).

Nomes Humanos Causam Divisão
A divisão religiosa em nossa sociedade é vergonhosa. Muitas pessoas estão confusas num mundo com muitos nomes diferentes de igrejas. Alguns destes nomes honram certos homens, enquanto outros ressaltam pontos doutrinários específicos.
A unidade dos salvos é baseada no nome e na doutrina de Cristo. Devemos fazer tudo pela autoridade de Jesus ou em seu nome (Colossenses 3:17). "Não há salvação em nenhum outro . . . nome" (Atos 4:12). Esta unidade é possível somente quando falamos e pensamos a mesma coisa, que é a doutrina de Cristo (1 Coríntios 1:10). Quando os homens começam a seguir outros homens, perdem a unidade com Cristo e seu povo (1 Coríntios 1:11-13). Divisões e contendas acontecem na igreja, em parte, porque algumas pessoas se identificam somente com nomes humanos. Paulo argumentou que deveríamos identificar-nos somente com o Senhor que servimos. Jesus foi crucificado por nós e somos batizados em seu nome. Jesus, e não homens, merece nossa dedicação e honra. Os verdadeiros seguidores de Deus são parte da igreja que pertence a Jesus.

O que a Bíblia diz a respeito
Devemos entender que o que está acontecendo atualmente é profético, pois em Mateus 24:12 diz - E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará.
1                        O Apostolo Paulo falou deste dias:
SABE, porém, isto; que, nos últimos dias, sobrevirão tempos trabalhosos;
Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,
Sem afeição natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,
Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias, carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.
E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim, também, estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
 Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como, também, o foi o daqueles.

O que a Igreja precisa fazer para não chegar a este Estado
A igreja precisa priorizar a palavra e a oração. Muitas igrejas hoje se quer tem cultos de oração, apenas campanhas e mais campanhas.
As agendas semanais das igrejas estão lotadas de ensaios e campanhas e não existe espaço para a oração.
As escolas Bíblicas passam por serias dificuldades em muitas igrejas, mais devemos insistir com as escolas bíblicas, que va poucas pessoas nos cultos de oração e escolas bíblicas, mais estes poucos vão fazer a diferença, mais do que uma igreja lotada aos domingos e campanhas.
A Igreja não é um local de entretenimento para crentes, mais para adoração a Deus, e o próprio Senhor Jesus disse que a casa do pai seria chamada casa de oração.
Permaneça com os cultos de oração e ensinamento da palavra, pequenas brasas podem incendiar uma floresta.

Precisamos reconhecer nosso erros

Percebi que muitos destes mortos espirituais culpam a igreja e os pastores, nunca admitem o erro.
Nunca vi um desviado falar que o motivo de sua saída da igreja foi por que ele não vigiou, ou por que deixou de  olhar para Jesus.
Temos dois exemplos lindos na bíblia que mostram que quando a arrependimento verdadeiro esta pessoa pode voltar a viver, o primeiro exemplo é o filho pródigo “E, tornando em si, disse: Quantos jornaleiros do meu pai têm abundância de pão, e eu, aqui, pereço de fome, e a narrativa que se segue é maravilhosa “Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa o melhor vestido e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão e alparcas nos pés;
E trazei o bezerro cevado e matai-o; e comamos e alegremo-nos;
Porque este meu filho estava morto e reviveu, tinha-se perdido e foi achado. E começaram a alegrar-se.
Outro exemplo é o Rei Davi, depois de ter pecado contra Deus ele não culpou os outros mais disse: “Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que a teus olhos parece mal, para que sejas justificado quando falares e puro quando julgares. Sl.51.4

Sirvo a Deus a vinte anos na igreja, tendo vários de lideranças, mais sempre soube separar bem a igreja como organização e a igreja de invisível que sou eu e você. Se você colocar o seu foco na igreja de paredes você vai se decepcionar com certeza. Já passei por inúmeras decepções na igreja e já decepcionei também, mais sempre olhando para Jesus como autor e consumador de minha fé.
Não sou a favor do afastamento de pessoas da igreja, isso é uma artimanha do inimigo para destruir famílias. Problemas nós temos em todos os lugares, no trabalho, na escola, em casa, mais procuramos soluções, só que na igreja, a primeira coisa é sair da igreja.

Para que você permaneça vivo perante Deus olhe sempre para Jesus, e lembre se não fomos chamados para ter cargos, não fomos chamados pelos homens, fomos chamados por aquele que nos deu a vida Jesus Cristo.

Se você por alguma razão morreu dentro da igreja(instituição) faça uma oração e peça para que o Senhor Jesus renove a sua fé, vá para a igreja com outra visão, apenas de adorador. Se coloque apenas como servo, pronto a servir o reino de Deus.