A Politica na Igreja

A Política na Igreja- O brado Retumbante

 
Durante algum tempo eu relutei em querer acreditar que a política como nós a conhecemos em Brasília fosse praticada na Igreja. Sempre acreditei que na Igreja tudo sempre será conquistado na oração e ainda acredito, mas começo realmente a ver a possibilidade da mão humana na Igreja Instituição ( organização). Na verdade o problema não é Brasília, Brasília é apenas o retrato do ser humano no poder corrompido pela ganancia e corrupção e temos isso até em países de primeiro mundo, onde existir acesso a dinheiro e poder sempre vai haver a corrupção humana, e a igreja como organização não esta livre disso como organização. A igreja como organização é administrada por homens que é claro que pressupomos que são homens de Deus, mais podendo deixar ser  homens de Deus, podendo se tornar escravos do dinheiro e do poder. Foi esta a tentativa de Satanás ao tentar o Senhor Jesus, tentar corromper sua natureza humana. Temos Três visões de Igreja:
1- A visão do novo convertido que quando entra na igreja ele não vê imperfeições
2- A visão do membro que embora conheça alguns problemas da igreja, vê de muito longe.
3- A visão de um Obreiro que com o tempo vê de perto coisas que o assustam
O ideal é que sempre tenhamos a visão do novo convertido, ele só enxerga Jesus, para ele pouco importa poderes e cargos.
O obreiro quer ser obreiro para trabalhar na obra do Senhor, e embora todos possam fazer isso, alguém que vai para o ministério indica que esta pessoa esta preparada para isso, e na visão de muitos obreiros só imaginam ministério em expulsar demônios, pregar a palavra, ajudar na igreja e etc. Mais uma vez dentro do ministério com o tempo vão percebendo que se não vigiarem, fará muito pouco disso e com o tempo a sede pelo poder começa a consumir toda aquela boa vontade.
Aos poucos estão envolvidos com intrigas pelo  poder, outros obreiros tornam se inimigos, e a luta agora é passar por cima de outro obreiro que talvez esteja no caminho. Por isso as divisões, as brigas e troca de calunias.
Obreiros que um dia fora bênçãos, mais o amor ao dinheiro e a poder acabou com eles
Quantas convenções que sabemos que até agressão física houve, eu particularmente participei de uma que quero esquecer.
Mas o assunto aqui trata se da Igreja VISÍVEL, a organização com administrações humanas e nada tem a ver com a Igreja de Cristo na  da terra,  que chamamos de noiva do Cordeiro(a igreja Invisível)
Meu Deus, as pessoas ficam cegas, parecem não saber mais o que estão fazendo, na busca desenfreada pelo poder.
Pastores são tirados das igrejas por politicagem suja, família de ministros vão para a rua, sem tratamento, sem cuidado nenhum.
Se você ousar sonhar em assumir qualquer cargo na instituição, sua cabeça é colocada a premio.
É meu leitor, difícil de acreditar, mas esta é a verdade de muitas instituições e lideranças por ai, não representam Cristo.
Pastores, que são defendidos por que fazem parte da panelinha, isso mesmo, panelinha, se você não fizer parte do esquema ta fora, um puxando o tapete do outro. E isto é tão terrível que se você não vigiar, de repente você esta dentro do esquema
Na verdade, que eu estou vendo agora, sempre existiu, você só começa a enxergar isso, quando Deus começa a te abençoar, e seu ministério vai alcançando patamares maiores. Então você começa a incomodar muita gente que gosta de se aparecer. E esse povo não tem escrúpulo, usam de todo o jogo sujo possível, dentre eles destacarei alguns:

a) Calunias: Para tentar frear a popularidade do suposto rival, tentam caluniar a pessoa, inventando toda a sorte de mentiras possíveis, para colocar em descrédito o “rival”, isso mesmo rival

b) Ocultação: Uma das armas é tentar ocultar o ministério do rival, tentando faze lo “sumir”, é sumir. Seu nome não pode aparecer então eles arrumam um jeito de você ser boicotado

c) Compra de cargos: Tem Pastores e Obreiros se vendendo para tentar ter sucesso ministerial, e estou com vergonha, por que alguns tem se vendido até por um prato de comida, ministério barato.

d) Falsidade: São verdadeiras cobras, na sua frente são seus melhores amigos, mas por traz, estão lhe tramando o seu fim ministerial, são capazes de te abraçar e até beijar como Judas Iscariotes.

e) Eliminação: Se qualquer das tentativas acima não der certo, se cuida, ore e peça a proteção de Deus, vão tentar tirar você do caminho, e como eu disse esse povo não tem escrúpulo, se cuida meu filho, vigia, fica longe desse povo.

Confesso que estou decepcionado. Lideres que deveriam ser exemplos para os mais novos, são exemplos negativamente, mas eu quero terminar escrevendo alegria e vitória.
Você precisa entender que quem recorre a esta sujeira, não são homens de Deus, pode ser que um dia já foram, mas se afastaram de Deus por causa do poder. Chega a dar nojo o tamanho da falsidade, cobra engolindo cobra. Conseguem subir nos Púlpitos e ainda dizer para os membros amarem os irmãos. São Sacerdotes corrompidos pelo prazer e o poder, e princípios éticos pouco importam.