A adoração e algumas idéias erradas





Como sabemos, adoração é um termo bastante profundo, necessitando de longas explicações causadas por problemas na língua portuguesa. Adorare vem do latim, significando falar com, ter comunhão com. Alguns poderiam se perguntar: Adoração é só isso ou se resume a apenas isto? É claro que não. Diferenças de língua nos fazem pensar mais profundamente sobre o significado do verbo adorar. Penso que o estudo do tema nos levaria a gastar todas as páginas existentes na internet.
Não bastando o problema que temos em entender a adoração, é extremamente fácil criarmos conceitos errados sobre o assunto, o que nos leva a carregar idéias equívocas por longo tempo. Por exemplo, por muitos anos eu imaginei que a adoração se resumia em cantar e louvar. Da mesma forma, eu pensava que a adoração dependia totalmente da música. Aos poucos fui descobrindo que estas idéias eram incorretas.
Hoje, sinto que muitos irmãos por todo o Brasil têm enfrentado problemas para entender a adoração, e como já mencionei, têm criado pensamentos errados sobre o tema. Na verdade, vejo cristãos enfrentando o mesmo problema que enfrentei tempos atrás. Com este artigo espero alertar meus queridos irmãos em Cristo sobre alguns problemas relacionados a adoração. São idéias arraigadas na mente de muita gente, e que muitas vezes, têm atrapalhado sua vida com Deus. Observe com atenção os problemas nos parágrafos abaixo.
O primeiro tópico que desejo tratar é a adoração presa a locais. Como sabemos, não existe um lugar específico para a adoração. Não existe o lugar verdadeiro para se adorar a Deus. Muita gente comete o erro de ligar a adoração à igreja, templos, túmulos sagrados, grutas e até mesmo à cidade de Jerusalém. A conseqüência disto é que a pessoa só tentará adorar a Deus na comunidade onde congrega ou em determinados locais. Alguns costumam chamar isto de superstição. Pessoas que agem desta maneira são supersticiosas. Jesus disse: "A hora vem quando nem neste monte, nem em Jerusalém, adorareis o Pai". Jesus quis dizer que no futuro as pessoas não teriam um lugar adorativo, como Samaria e Jerusalém.
Outro tópico é a adoração presa à pessoas. Muitos cristãos agem como se apenas o pastor, o padre, o bispo, os líderes ou até mesmo os dirigentes de louvor de suas comunidades, tivessem capacidade para adorar. Como músico, muitas vezes eu já pensei: "...no culto desta noite vou deixar com que só o dirigente e a igreja adorem, eu vou apenas tocar". Me parece que muitos músicos e cantores têm pensado desta maneira, querendo deixar a adoração com outras pessoas. Devemos ter em mente que a adoração é para todos, e não para um seleto grupo de privilegiados. A adoração é para você! Não deixe de ter o teu momento de adoração a Deus por causa deste pensamento. Os discípulos se admiravam ao ver que Jesus conversava com uma mulher e ainda por cima, samaritana. Assim, cremos que religiões racistas e preconceituosas não podem ter o louvor verdadeiro. Li certa feita que Deus não possui etnias privilegiadas. Agora, sob a dispensação do Evangelho da graça, todos os povos, línguas, tribos e nações são admitidos ao culto verdadeiro!
Ou outro assunto que quero tratar é a questão do cerimonialismo. É necessário entendermos que a adoração não está presa a cerimônias. Deus é Espírito e deseja ser adorado em Espírito. Alguns afirmam que a cerimônia visa à "sensação", ela procura "impressionar". Isto ocorre porque o homem adora brilho, festa, emoções, liturgia, etc. Como li nalguma publicação que o cerimonialismo se estabelece num culto rígido de gestos ensaiados. O louvor verdadeiro não é produto fabricado por gestos sacerdotais, ou pastorais, nem nas palavras mecanizadas de orações repetitivas... Não pense há verdadeira adoração em todos os shows gospel, eventos musicais cristãos ou gravações e lançamentos de Cd’s, só porque há brilho, canhões de luzes, fumaça a lá gelo seco, gestos que impressionam, ótima qualidade sonora, etc... Deus é Espírito e quer ser adorado em Espírito!
Uma idéia errada, creio que a mais recente, é de que a adoração é presa ao marketing. Vivemos numa época em que o markenting domina muitos grupos de louvor e muitos ministros de música. Não é difícil vermos dirigentes de louvor abarrotar igrejas, enches teatros, lotar ginásios, tudo por causa de uma boa estratégia de marketing. Tais dirigentes, muitos deles inocentes, são tratados como "bons adoradores" pelo público. A conseqüência disto é que os músicos e cantores são levados a buscar ansiosamente contratos com gravadoras, gravações de Cd’s e coisas deste tipo, apenas para mostrar que são um sucesso como adoradores. Como sabemos, boa divulgação resulta bons auditórios. Bons auditórios significa bons ministros. Assim a adoração vive sob domínio da divulgação e do marketing. Aqui quero ressaltar que bons auditórios não significam que tudo está uma bênção e que há verdadeira adoração. Como sabemos, Deus não procura igrejas lotadas, Ele procura adoradores que o adorem em espírito e em verdade! Então adoração não está presa a marketing e divulgação.
Para finalizar este artigo transcrevo algumas bases espirituais da adoração: não tem lugar adorativo, não se prende ao cerimonialismo, não faz acepção de pessoas, os adoradores são procurados pelo Pai...


OBEDIÊNCIA INCONDICIONAL?

                                                                       





Obediência
Bom pessoal, eis um assunto que sempre esta em pauta e que traz muita confusão é a questão da obediência incondicional a qualquer autoridade independente do que essas autoridades façam.
Alguns Ditadores e Candidatos a Ditadores gostam de citar os textos bíblicos de obediência para que ninguém se quer  queira questionar suas ações que muitas vezes são consideradas divinas
Vou simplificar aqui sem ter que ficar dando voltas e voltas e falar a mesma coisa.
Olhando para a Bíblia vamos aprender algumas coisas importantes sobre isso
Em nenhuma parte da Bíblia é orientada uma Rebelião ou qualquer movimento contra as autoridades, no entanto fica claro que você pode se posicionar contra os atos dessa autoridade sem partir para uma rebelião e vou dará alguns exemplos:
1-A declaração do Profeta Elias contra o Rei Acabe. I Reis.18.17
E sucedeu que, vendo Acabe a Elias, disse-lhe Acabe: És tu o perturbador de Israel?
Então disse ele: Eu não tenho perturbado a Israel, mas tu e a casa do teu pai, porque deixastes os mandamentos do Senhor, e seguistes aos Baalim.

Notem que Elias declara o mal que Acabe estava fazendo contra o Senhor, em nenhum momento ele faz uma Rebelião contra o Rei Acabe incitando Israel lutar contra o Rei, mais as suas posições sobre seu governo são bem claras, e isto não é Rebelião, em nenhum momento Elias levanta a mão contra o Rei, mais afirma que ele estava fora da direção de Deus.

2-A declaração de Eliseu contra  Jorão filho de Acabe. II Reis. 3.13.14
Mas Eliseu disse ao rei de Israel: Que tenho eu contigo? Vai aos profetas do teu pai e aos profetas da tua mãe. Porém o rei de Israel lhe disse: Não, porque o Senhor chamou a estes três reis para entregá-los nas mãos dos moabitas.
E disse Eliseu: Vive o Senhor dos Exércitos, em cuja presença estou, que, se eu não respeitasse a presença de Josafat, rei de Judá, não olharia para ti nem te veria.

Notem que Eliseu da posições firmes contra o governo do filho de Acabe e ainda disse que se não fosse a presença de Josafa ali, ele nem os atenderia. Eliseu nunca fez rebelião contra o Rei, mais seus posicionamentos eram bem claros quanto ao modo de governar do Rei.

3- Os amigos de Daniel na Babilônia. Dn.3.18
E, se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.

Mais uma vez vemos aqui o posicionamento dos servos de Deus que não obedeceriam o Rei e ainda que isto lhe custasse a suas vidas.

Nos três casos que acabamos de ver, alguém pode dizer que eles fizeram isso por causa da idolatria, mais a questão é que eles desobedeceram a ordens diretas dos Reis e preferiram obedecer a Deus.

Jesus mesmo nunca incitou rebelião contra Roma e alguns estavam esperando por isso, e muito pelo contrario ele mandou dar o que é de Cesar a Cesar e a Deus o que é de Deus.
E vale lembrar que o império Romano deixava os Judeus segurem com sua fé e sua liturgia de cultos para um convívio pacifica pelo menos por um momento.
Em regra toda vez que uma lei ou uma ordem infringir a uma lei Divina,  nós temos que nos posicionar. Se amanhã em nosso Pais que hoje é um Estado laico existir uma lei que obrigue os evangélicos a adorarem Nossa Senhora da Aparecida nós não obedeceremos.
E diante de outras leis que vão contra a palavra de Deu como é o casamento Homossexual.
 Os que se posicionam são prosseguidos e maltratados, mais é melhor obedecer a Deus do que os Homens.
Estamos falando de autoridades Civis e Governamentais não importa o Regime de Governo, falemos agora das autoridades Eclesiásticas as chamadas autoridades Espirituais.

O texto mais usado para a defesa das autoridades consideradas espirituais sem duvida alguma é o texto de Davi e Saul.
É bem verdade que Davi nunca faria mal a Saul, mais concordar com ele é outra história. Saul estava em declínio espiritual, enlouquecido pelo poder e o próprio Deus não estava mais com ele. Neste caso também em nenhum momento Davi levanta um exercito para ir matar Saul, isso seria rebelião, mais fica claro que os dois não andariam juntos.
Alguns pastores se perdem em uma suposta divindade de autoridade eclesiástica e começam a cometer absurdos e se quer querem que alguém fale contra por que isso seria pecado.
O apostolo Paulo resistiu a Pedro na face por uma questão de fundamental importância da igreja e isto não foi considerado Rebelião
Alguns Lideres querem viver com a “Infalibilidade Papal”, e exigem obediência incondicional querendo justificar seus atos como atos divinos.
Toda vez que uma liderança espiritual começa a sair da direção de Deus, os profetas começam a aparecer, pois profetas não são bajuladores do reino, não comem na mesa do Rei, não depende do Rei mais de Deus e sempre vão se posicionar contra seus atos e suas atitudes.
Nunca vão colocar a mão por que o próprio Deus cuidara disso, “todo aquele que se perde no poder perde o poder”.

Por que sou contra o Homossexualismo



Por que sou contra a Prática do Homossexualismo
1-      Por princípios Bíblicos
Os homossexuais alegam que além da palavra “Homossexual” não se encontrar na Bíblia, também alegam que a Bíblia esta fazendo menção a uma pratica e não a uma questão de afetividade ou de amor, no entanto se contradizem por que na sua afetividade todos tem relações com pessoas do mesmo sexo o que é uma pratica condenada por Deus:

Com varão te não deitarás, como se fosse mulher; abominação é”. Lv.18.22
Quando, também, um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue é sobre eles.” Lv.20

A palavra "homossexualismo" é um neologismo de origem híbrida, grega e latina, e não existia nos tempos bíblicos. A palavra, não. O vício, sim. E muitas vezes a Bíblia condena tal vício, sem fazer uso de tal palavra. Não é exagero dizer que desde o Gênesis até o Apocalipse está presente tal condenação.
 
2-Por razões Fisiológicas e Biológicas

Por natureza, homem e mulher são diferentes e complementares. O que falta no homem, sobeja na mulher e vice-versa. Daí sua atração mútua e a tendência de formar uma união estável e perpétua, apta à procriação e à educação da prole.
Ao estudar a fisiologia masculina e feminina, o biólogo sente-se impelido a louvar a Deus. Como Ele criou tudo com perfeição, de modo que o aparelho reprodutor do homem se acoplasse perfeitamente ao da mulher, que o gameta masculino se unisse ao feminino e que de tal união surgisse um outro ser humano, único e irrepetível!
Parece que estou falando o óbvio, mas é natural que a união sexual, se houver, haja entre um homem e uma mulher. Falar em sexo só tem sentido se houver dois sexos. Não dizemos que a ameba é um animal de um sexo só. Dizemos simplesmente que não tem sexo: é um assexuado.
A conjunção carnal de dois homens ou de duas mulheres não é uma união "sexual", embora eles tentem fazer uso (antinatural) de seus órgãos reprodutores. Tal ato é totalmente avesso à reprodução e à complementação homem-mulher.
Na impossibilidade de realizarem o ato conjugal, que requer órgãos complementares (o pênis e a vagina), os pederastas e as lésbicas procuram fazer uso de outros, como o ânus e a boca. Ora, a boca pertence ao aparelho digestivo e o ânus tem evidentemente função excretora. Os atos de homossexualidade são, portanto, uma grosseiríssima caricatura do ato conjugal, tal como foi querido por Deus e inscrito na natureza.

3-  Os Homossexuais Alegam que o AT esta falando de questões culturais e devassidão sexual e não da afetividade e o amor e que no NT é a mesma palavra quando Paulo fala do assunto em Romanos. R: No Novo Testamento, as condenações ao homossexualismo são terríveis. Paulo apresenta-o como castigo pelo desconhecimento de Deus e pela idolatria:
Por isso Deus os entregou a paixões aviltantes: suas mulheres mudaram as relações naturais por relações contra a natureza; igualmente os homens, deixando a relação natural com a mulher, arderam em desejo uns para com os outros, praticando torpezas homens com homens e recebendo em si mesmos a paga da sua aberração" (Rm 1,24-27).
"Então não sabeis que os injustos não herdarão o Reino de Deus? Não vos iludais! Nem os impudicos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os injuriosos herdarão o Reino de Deus" (1Cor 6,9-10).
Esta tradução (como a de todas as citações feitas até agora) é da Bíblia de Jerusalém. Vejamos como estes versículos estão no original grego, que tento agora traduzir:

"oute pórnoi (nem os impudicos) oute eidololátrai (nem os idólatras) oute moichoí (nem os adúlteros) oute malakói (nem os afeminados) oute arsenokóitai (nem os pederastas) oute kléptai (nem os ladrões), oute kleonéktai (nem os avarentos), ou méthysoi (nem os ébrios), ou lóidoroi (nem os injuriosos), ouc árpages (nem os raptores) basiléian Theóu kleronomésousin (possuirão o Reino de Deus)".
A palavra pórnoi é o plural de pórnos,õu, que significa "homem prostituído", assim como porné,és significa "prostituta" e porneía,ãs significa "prostituição".
A palavra moichoí é o plural de moichós,õu, que significa "adúltero".
A palavra malakoí é o plural de malakós,õu, que literalmente significa "mole", mas que no contexto se traduz por "afeminado".
Enfim, a palavra arsenokóitai é o plural de arsenokoitós,õu, que significa "aquele que se deita com um homem", ou seja, um pederasta.
Bem simples, a pratica do homossexualismo ou de qualquer Hetero de ter relações sexuais com pessoas do mesmo sexo é pecado e pronto. Concordo com o CaioFabio que o pecado afetou a natureza humana e temos uma anomalia. 
 Com isso cheguei a seguinte conclusão:

1-O homossexualismo não é só comportamental como se fosse induzido através de uma saia que se coloca no menino ou uma calça que se coloca na menina, ou por causa de cor rosa ou de cor azul, quanta baboseira, não é só comportamental  e pronto, e por quê? Por que já esta provado que crianças que foram criadas com vários irmãos na mesma criação ou modo de viver aparece um com esse comportamento sem ser induzido ou violentado sexualmente. 

2- Nenhum geneticista sério confirma alteração genética que comprove os Homossexuais como uma nova raça:  Não aparece na questão genética, por que não houve alteração genética pelo menos até agora não encontramos nada. “Fato é que a pessoa tem sentimentos fortes pelo sexo oposto e alegam que  não é safadeza, afirmam que chegam a  a sentir” amor" mesmo. Talvez o pecado tenha deturpado os sentimentos e emoções humanas. A pessoa não escolhe nascer assim, já esta claro isso. Isto existe desde que mundo é mundo, não é algo novo ou um modismo carnal. 

3- Não é só uma questão demoniaca, da qual apenas precisa ser exorcisado
Em minha experiencia pastoral conheci e recebi muitos com sérios problemas de pertubação, mais atribuir isso ao diabo é outro erro, ele pode se aproveitar das fraquezas das pessoas, mais nunca forçar um comportamento, a Biblia diz que o homem é tentado pelos seus própios desejos.
Ja esta provado que a pessoa que assim age, esta ciente de suas ações, e atrinuir isto ao diabo é um erro que muitos tem cometido nas igrejas. O Homossexual precisa de ajuda, de amor para sair da prática do pecado.
Para mim, se o Homossexual mesmo com os seus sentimentos de amor pela pessoa do mesmo sexo, não "pecar", ou seja,  ter relações sexuais com a pessoa do mesmo sexo ele vai ser salvo se crer em Jesus. Da maioria ex gays que vi nas igrejas nunca se transformaram de verdade e depois frustradas voltaram para a pratica pois não podiam se abrir e dizer que gostam de uma pessoa do mesmo sexo, seriam excluídos da igreja. Essa guerra que estamos tendo entre evangélicos e homossexuais que na minha opinião a exagero dos dois lados não leva a nada, um lado precisa entender o outro e pronto, ou vamos transformar isso aqui em guerra civil. Jesus Cristo sentaria com eles e conversaria com certeza, pois ele sentou com uma samaritana e que tinha muitos maridos, e disse a ela " Vai e não peques mais”. Vale assinalar que a condenação severíssima do homossexualismo não exclui o mandamento universal da caridade, que se deve estender até aos autores deste vício. Não se presta auxílio ao pecador, porém, reconhecendo o seu "direito" de permanecer no pecado. O verdadeiro amor impele-nos a corrigir os que erram. E para corrigir é necessário não ocultar o erro. A verdade, mesmo quando é dura, liberta (cf. Jo 8,32). E a mentira, ainda que macia, escraviza.Se o homossexual deixar a pratica considerada pecado e viver uma vida para Cristo esta salvo. É minha opinião.
                                                                                    

Não tenha Pressa

                                                                         

Tema: Não tenha Pressa
  Texto:"Ouvindo, pois, que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde estava. João 11.6
 
 Introdução:
Você já passou pela experiência de um dia estar com muita pressa e justo nesse dia sempre tem alguém na sua frente com uma lentidão que te da nos nervos, os semáforos sempre estão fechados e parece que demora uma eternidade, se você esta no banco o sistema cai na hora de atender você ou a fila não anda, bom certamente alguém já passou por esse tipo de experiência.
Na vida de hoje, todo mundo esta correndo, sempre com pressa, as pessoas não suportam esperar, e assim tem sido na vida espiritual, as pessoas querem a benção de Deus no tempo delas, mais no mundo espiritual não adianta queremos apressar nada, os resultados podem ser terríveis.
A Bíblia diz que o melhor amigo de Jesus estava doente quase a morte e ele não demonstra pressa nenhuma, muito pelo contrario, ele demorou mais dois dias ainda no lugar que ele estava.
Você precisa entender que para Deus é indiferente ele fazer agora ou depois, por que na hora que ele fazer vai resolver tudo na sua vida.
A pressa é um desespero humano, e também de despreparo na vida material e na vida espiritual.
Quando você sai mais cedo parar um encontro ou se programa você aproveita cada momento.
A pressa pode custar muito caro, acidentes e mais acidentes acontecem por causa da pressa exagerada.
Muitos jovens não esperam no Senhor e acabam nas suas pressas entrando em relacionamentos que mais tardes vão chorar amargamente.
Deus sabe de suas necessidades, e você precisa aprender a confiar mais nele, se programar melhor espiritualmente, ter a maturidade de Davi: ““ESPEREI com paciência no Senhor, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Sl.40.1
Lembre se. Você esta com pressa, Deus não. Mais ai você vai me dizer que o Senhor falou que tem pressa na sua vida, muito bem, mais a pressa dele não é a mesma pressa sua, Moises foi salvo quando era criança mais só com oitenta anos é que foi para o chamado, Davi foi ungido adolescente mais só com mais de quarenta anos chegou ao reinado, aprenda a esperar e esperar e esperar no Senhor.