O Espirito de Rebelião




O Espírito de Rebelião

O espírito de traição de Absalão, ataca exatamente as bases de nossa comunhão uns com os outros. Em II Sm. 15:1-6 lemos: 

E aconteceu depois disto que Absalão fez aparelhar carros e cavalos e cinquenta homens que corressem adiante dele. Também Absalão se levantou pela manhã e parava a uma banda do caminho da porta. E sucedia que a todo o homem que tinha alguma demanda para vir ao rei em juízo, o chamava Absalão a si, e lhe dizia: De que cidade és tu? E dizendo ele: Duma das tribos de Israel é teu servo. Então
Absalão lhe dizia: Olha os teus negócios são bons e retos, porém não tem quem te ouça da parte do rei. Dizia mais Absalão: Ah, quem me dera ser juiz na terra! para que viesse a mim todo o homem que tivesse demanda ou questão, para que lhe
fizesse justiça..... E desta maneira fazia Absalão a todo o Israel que vinha ao rei para juízo; assim furtava Absalão o coração dos homens de Israel.

Este espírito de Absalão, espírito de traição, ataca a igreja hoje trabalhando através, principalmente de líderes como também de membros ofendidos ou descontentes, que traem a autoridade dos pastores da igreja.

Líderes e membros que têm um desejo de controle, agem independemente e gostam das atenções voltadas para eles. Se não estão desempenhando um papel de evidência ou não têm alguém de seus familiares ou alguém de seu grupinho de amigos em evidência não têm motivação alguma na casa de Deus.

Em II Sm. 15:11 nós lemos que pelo menos duzentos homens foram enganados por este jogo sujo de Absalão.

Há líderes, presbiteros, diáconos, obreiros e outros pastores, geralmente os mais antigos da igreja, que de repente não desejam mais ser liderados pela verdadeira liderança de Deus e assim tornam-se vulneráveis a este espírito. Muitos não conseguem e não podem trabalhar na igreja desempenhando um papel de apoio. Meus irmãos, como crentes sinceros vocês irão se guardar deste espírito não aceitando criticas nem criticismo contra a liderança espiritual de sua igreja. Recuse-se a ouvir qualquer crítica a respeito de seus líderes. Digo mais, recusem-se a ouvir críticas sobre qualquer líder espiritual de qualquer igreja.