O delírio do Poder!!!



O delírio do Poder! Escrito por Pr Aniel Cruz
A KENOSIS (esvaziamento) DE JESUS, O CRISTO
Ele é viciante , contagiante e capaz de gerar uma dependência absurda em quem o experimenta .
Por ele e com ele, homens fizeram loucuras, pessoas que eram simples e cheias de boas intenções se transformaram por causa dele o "Poder".
Quem não vai se Lembrar da Loucura de Faraó Nabucodonosor, Senaqueribe, Senaqueribe, Dario , Alexandre o Grande e as loucuras dos imperadores Romanos? Em tempos mais recentes a lista é grande.
Em níveis eclesiásticos ele também leva a loucura , e basta experimenta lo uma unica vês e muitas pessoas jamais serão a mesmas.
O gosto de ser chamado "pastor", apostolo, bispo, reverendo, em alguns tem um efeito devastador. E mais que isso , o poder de comandar , de ter súditos, a bajulação são efeitos tão viciantes quanto uma droga alucinógena.
Homens matam por isso, tiram do caminho quem tentar lhes tirar o "poder", é por isso que vemos algo lindo em Jesus, ele foi na contramão de tudo isso:
As guerras nascem das loucuras do poder , das ambições de pessoas que precisam tratadas , curadas e libertadas do vicio do poder.
E o final deste " Poder"?
O poder é enganoso, ele atrai , mas ele mesmo mata. Pastores e obreiros depressivos por que não podem mais sentir seus efeitos, o titulo, a grandeza , a bajulação , e sem o poder vem o esquecimento, o desprezo e o anonimato.
É por isso que Deus permite o deserto, a cova, calabouço, espinho na carne, para que estejamos preparados a não sermos viciados pelo poder, e ainda , abrir mão de tudo para ter comunhão com Deus.
Temos que ter o reconhecimento de que ele é dado por Deus e tirado por ele também.
Quando não fere seu ego perder tudo isso e você esta disposto a servir, bem vindo ao verdadeiro céu de Cristo, a verdadeira paz, a verdadeira conversão.
Deixem rasgar a capa colorida, jogar na cova, entregue , por que você não esta viciado nisso, você tem paz com Cristo.
Fp 2:5-11 De_sorte_que haja em vós este sentimento que há também em Cristo Jesus, 6 o qual, sendo em a forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, 7 mas fez a si mesmo de nenhuma reputação, a forma de servo havendo tomado, havendo sido feito na semelhança de homens; 8 e, na figura havendo sido achado como um homem, humilhou-se a si mesmo havendo se tornado obediente até a morte, morte mesmo de uma cruz. 9 Por isso, também Deus altamente lhe exaltou, e lhe deu um nome que é sobre todo nome; 10 para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, 11 e toda a língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus o Pai.

Comentários